Skip to Store Area:

  • | Bem-vindo à Habitarmos!

Pavimentos Flutuantes - Habitarmos Soalho, é na Habitarmos.com

Pesquisar no site

Soalho

Soalho

Pavimento de madeira maciça que se distingue pelas suas dimensões, especialmente pelo seu comprimento. Construído por placas de madeira de forma paralelepipédica unidos longitudinalmente por juntas de samblagem (sistema macho-fêmea), espessura uniforme e perfil constante. Existem diferentes tipos de juntas. As dimensões mais habituais são, 18 a 23 x 40 a 140 x 100 a 400 mm. A característica fundamental deste tipo de pavimento é que, tal como acontece com os estrados, as suas peças componentes não se apoiam directamente sobre o suporte, são sim pregados sobre barrotes ou ripas (sarrafos). Modo de Aplicação → A madeira deverá ser macheada em todos os cantos. A instalação deste pavimento compreende a fase da colocação dos sarrafos, pregagem dos elementos constituintes e por fim os acabamentos no local. Colocação dos Sarrafos → Normalmente é utilizada madeira de resinosas, sendo a mais comum o pinho, que deve ser previamente tratado em autoclave. Humidade → A humidade dos sarrafos pode ser superior à da madeira empregue no pavimento, atingindo, no máximo, os 18%. Tratamento → A madeira deve ter durabilidade suficiente para resistir ao ataque de agentes xilófagos, caso contrário é necessário efectuar um tratamento preservador. Fixação → No caso de se tratar de suportes de cimento os sarrafos são chumbados ao cimento, se for de madeira, os sarrafos devem ser aparafusados sobre esse suporte Colocação → Deve ser efectuada para que os sarrafos guardem entre si a devida distância e fiquem perfeitamente paralelos. É importante também verificar que cada um deles apresente a face superior completamente horizontal e nivelada. Isolamento → O espaço livre entre os sarrafos permite a inclusão de material isolante térmico e acústico. Secção e separação → Normalmente a secção é quadrada ou trapezoidal. Colocação do Pavimento → A caixa-de-ar (espaço compreendido entre o suporte e as tábuas que constituem o soalho) não deve ser completamente preenchida. Deve-se deixar cerca de 2cm sem preenchimento. Esta caixa-de-ar deve ser também ventilada para o interior da habitação. Após a colocação dos sarrafos, as tábuas são fixas através de pregos de aço sem cabeça, com uma inclinação de 45º e exactamente no fundo da ranhura das fêmeas, para que, após a união com os machos se dê o impedimento do prego sair, e ao mesmo tempo conseguir que este fique oculto. A primeira tábua pode ser colocada junto às paredes se estas formarem um ângulo recto, caso contrário, traça-se uma linha no meio do compartimento para se iniciar daí, ou seja do centro das paredes. Deve-se deixar sempre uma distância entre o pavimento aplicado e a parede (junta de dilatação) para compensar as alterações dimensionais devidas às variações de temperatura e humidade que vão ocorrendo no interior da habitação.

Não existem produtos que correspondam à selecção